31 dezembro, 2007

Night


Há quem diga
que todas as noites são de sonhos.
Mas há também quem diga nem todas,
só as de verão.
Mas no fundo
isso não tem muita importância.
O que interessa mesmo
não são as noites em si,
são os sonhos.
Sonhos que o homem sonha sempre.
Em todos os lugares,
em todas as épocas do ano,
dormindo ou acordado.

Sonho de Uma noite de Verão, William Shakespeare

30 dezembro, 2007

Saudades ;-)

Retirado do contexto # 30

"Estragas-me com relógios"
(na imagem: "Spring Garden" da Swatch)

No Times de hoje #54

Today's Times brings an awsome slideshow titled "Why we travel". It brings up 16 short stories of people who traveled to several destinations, all different from the places they live and their welcome exposure to different environments... isn't that why people travel after all? ;-)

Arte moderna









Espantos #77

Sempre um espanto...

de noite,

ou de dia!

27 dezembro, 2007

Foi neste dia #84 (1979)

Faz hoje 28 anos que a União Soviética invadiu e tomou controlo do Afeganistão... mais um acidente na história daquele atribulado país.

Caprichos # 33


26 dezembro, 2007

Natal para os outros

Se no natal já nos sentimos inundados de luzes, pinheiros, cores e embrulhos, imaginemos como se sentem os crentes de outras religiões que observam a mesma azáfama sem celebrarem a ocasião. É disto que fala o artigo Merry something na Economist desta semana. Vale mesmo a pena ler! E fiquei a aprender como se diz presépio em Inglês - crèche, go figure... e eu que dizia "nativity scene"... vamos e convenhamos, até faz mais sentido :-)
____________

I MARRIED Christmas. No, that isn’t my wife’s first name, nor did I marry for the holiday the way some people marry for money. Like so many assimilated American Jews, I grew up admiring the lights and the trees and the shopping-mall Santas, but not celebrating the holiday itself. (...)

My wife’s family, by contrast, celebrates Christmas with a fervour and intensity (and joy, of course) that still amazes me. (...)

Hanging on the wall here is a genealogical chart that traces my mother-in-law’s family back to the 16th century. I can’t trace my own family back three generations (“Our parents came from Europe,” my grandparents would say, “where they tried to kill us; thank God we’re here! Now do your homework so you can be somebody”).

25 dezembro, 2007

Parece que estou a ouvir #44

Joy to the World

Joy to the world
The lord has come
Let earth receive her king
Let every heart prepare him room
And heaven and nature sing
And heaven and nature sing
And heaven and heaven and nature sing

Joy to the earth
The savior reigns
Let men their songs employ
While fields and floods, rocks, hills, and plains
Repeat the sounding joy
Repeat the sounding joy
Repeat, repeat the sounding joy

He rules the world
With truth and grace
And makes the nations prove
The glories of his righteousness
And wonders of his love
And wonders of his love
And wonders, wonders of his love

23 dezembro, 2007

Ditto #55

Shoot for the moon. Even if you miss, you'll land among the stars.

-- Les Brown

Memórias # 9

Foi há 31 anos, lembro-me bem. Em plenas vésperas de Natal , nem sequer se esperou pelo dia 25, fui presenteda com uma irmã.
O meu pai levou-me por um enorme corredor (era mesmo grande) para a poder ver. Mas para mim, naquele dia, o motivo de felicidade, foi uma boneca que ela (a miúda do berço) me tinha trazido, de lá de onde quer que tivesse vindo!

21 dezembro, 2007

Coisas que não mudam #23

De quando em vez lá vem um horóscopo optimista, especialmente perto do aniversário... but seriously, this one is a confidence boost!! I LIKE IT!!
________

Friday, December 21, 2007 (from http://www.tarot.com/)

In ancient times, all roads led to Rome. These days, all paths lead to your success. It really doesn't matter what you do; it's more important that you do it with integrity. Don't fall prey to discouragement if reaching your goal takes longer than you wish. Just keep showing up with a good attitude and you'll eventually reach your destination.

Espantos #76

No matter how many winters go by, I am still fascinated by the snow. Every time! Maybe because I never experimented it growing up. Here's what I was about today in my morning walk to school :)




Memórias # 8


Lembro-me de vários. Anos a fio na mesma casa, à mesma mesa. A mesa que era de festa dia 24, que celebrava duas (três) vezes o natal, e que foi ficando mais pequena porque a família ía crescendo.
Lembro-me que cada vez as paredes nos ficavam mais próximas pois a mesa ía esticando esticando.
Lembro-me do frio, sempre muito.
Depois, depois mudámos de casa. A família ía-se "renovando": os novos tomando parte à mesa, da mesma forma que algumas cadeiras íam ficando vazias. E nestas datas de tudo isso me lembro.
O conteúdo dos embrulhos deixou de ser moeda de troca de informações entre miúdos que antecipavam as surpresas de uma noite que lhes (nos) parecia demasiado distante.
Lembro-me de muitos presentes, mas lembro-me de um em particular. Um muito grande, sem dúvida o maior da mesa. Era meu. E apesar de terem já passado provavelmente mais de dez anos, devo ter feito a expressão surpreendida de qualquer criança naquela situação. Era o meu retrato a carvão :)

20 dezembro, 2007

Espantos #75

Por estes dias fazem-se grandes viagens... que eu me lembre:

J de Boston para Buenos Aires via Nova Iorque
C de Boston para Bogotá via Miami
C de Boston para São Paulo via Nova Iorque
C de Boston para Santiago-Chile via Nova Iorque
A, G de Boston para a Cidade do México via Atlanta
P de Boston para Bangkok via Washington DC e Tóquio
A de Boston para Hong Kong via Chicago
M, P, R, S, T, T de Boston, Buffalo e Miami para Lisboa via Ponta Delgada, Nova Iorque e Londres
B de Boston para Portland-Oregon
D de Boston para Otava
M de Boston para Filadélfia
A de Washington DC para Nova Iorque
J de Boston para Toronto
S de Frankfurt para Lisboa

e contra o movimento para um natal comme il faut (como diz a T)... that is, WHITE:

J, R, S de Angra e do Funchal para Boston via Ponta Delgada

Memórias #7

Lembro-me de ouvir relatos de futebol na tsf por um brasileiro que tinha várias expressões engraçadas... por exemplo "o tempo não párááááááá".

Pois por aqui a neve não pára: na passada quinta feira caiu o primeiro nevão. No domingo nevou sobre o nevado com mais uma tempestade que durou o dia todo. Hoje parece que está para o resto do dia também.

Mas digam lá que não é bonito?!

19 dezembro, 2007

Ditto #54

A life spent making mistakes is not only more honorable but more useful than a life spent doing nothing.

--George Bernard Shaw

18 dezembro, 2007

Parece que estou a ouvir #43


___________

-6 degrees celcius, feels like -13

Baby it's cold outside
music & lyrics Frank Loesser

I really can't stay - Baby it's cold outside
I've got to go away - Baby it's cold outside
This evening has been - Been hoping that you'd drop in
So very nice - I'll hold your hands, they're just like ice
My mother will start to worry - Beautiful, what's your hurry
My father will be pacing the floor - Listen to the fireplace roar
So really I'd better scurry - Beautiful, please don't hurry well
Maybe just a half a drink more - Put some music on while I pour

The neighbors might think - Baby, it's bad out there
Say, what's in this drink - No cabs to be had out there
I wish I knew how - Your eyes are like starlight now
To break this spell - I'll take your hat, your hair looks swell
I ought to say no, no, no, sir - Mind if I move a little closer
At least I'm gonna say that I tried - What's the sense in hurting my pride
I really can't stay - Baby don't hold out
Ahh, but it's cold outside

I simply must go - Baby, it's cold outside
The answer is no - Ooh baby, it's cold outside
This welcome has been - I'm lucky that you dropped in
So nice and warm -- Look out the window at that storm
My sister will be suspicious - Gosh, your lips look delicious
My brother will be there at the door - Waves upon a tropical shore
My maiden aunt's mind is vicious - Gosh your lips are delicious
Well maybe just a half a drink more - Never such a blizzard before

I've got to go home - Oh, baby, you'll freeze out there
Say, lend me your comb - It's up to your knees out there
You've really been grand - Your eyes are like starlight now
But don't you see - How can you do this thing to me
There's bound to be talk tomorrow - Making my life long sorrow
At least there will be plenty implied - If you caught pneumonia and died
I really can't stay - Get over that old out
Ahh, but it's cold outside

17 dezembro, 2007

Caprichos # 32

Adoro dormir ao som da chuva, hoje S. Pedro caprichou, é granizo.... acho que me vou deitar mais cedo :)

Palavras lidas # 35

A mulher, Doxy Nash, fora casada com um gato-pingado, trabalhando a seu lado. Stubbs entrara-lhes um dia pela agência funerária adentro, só para dar uma espreitadela. Fulminado de imediato pela paixão, tentou fazer conversa de flirt com Doxy, mas esta estava demasiado ocupada a cremar um cliente. (...) O seu marido cangalheiro, Wilbour gostava de Stubbs, e ofereceu-se para o sepultar gratuitamente, desde que nesse mesmo dia. Stubbs deu-lhe uma pancada que o fez perder os sentidos e fugiu-lhe com a mulher, não sem antes colocar no lugar dela uma boneca insuflável de borracha. Uma noite, ao fim de três dos anos mais felizes da vida de Wilbur Nash, este suspeitou de qualquer coisa ao pedir à mulher que lhe passasse a travessa do frango e vê-la rebentar e voar em círculos cada vez mais pequenos pela sala, acabando por se deter sobre a carpete.
(...)

16 dezembro, 2007

Parece que estou a ouvir #42


The Chipmunks Christmas Song

Christmas, Christmas time is near
Time for toys and time for cheer
We've been good, but we can't last
Hurry Christmas, hurry fast
Want a plane that loops the loop
Me, I want a hula hoop
We can hardly stand the wait*
Please Christmas, don't be late.

Want a plane that loops the loop
I still want a hula hoop
We can hardly stand the wait
Please Christmas, don't be late.
We can hardly stand the wait
Please Christmas, don't be late.*
__________________

*Canção da paciência... recomendada para problemas de formigueiros
;-)

Numa sala perto de mim #42

Atonement. O filme não é mau, mas a história tem potencial para bem mais do que o filme mostra.

15 dezembro, 2007

Espantos #74

Neve pelo chão, 7 graus negativos, mas um lindo dia de sol...

há pessoas para quem só o sol basta ;-)

No Times de hoje #53

O artigo Money Goes Far in New York, if You’re European mostra como a queda do dólar atrai os Europeus que atravessam o Atlântico de malas vazias* para saírem de cá com mais malas que as que trouxeram e muitas muitas compras... welcome to America!
_____________

*conselhos úteis!

Caprichos # 31

A falta que me fazia ....

14 dezembro, 2007

Palavras lidas # 34

- A Srª Washburn gostava de mudar as lâmpadas todas as terças e sextas, precisassem ou não - explicou ela.
- Adorava lâmpadas frescas. Os lençóis, era uma vez por ano.
Assim que a governanta entrou no quarto dos senhores, percebeu que faltava qualquer coisa. Então viu - e não conseguiu acreditar no que os seus olhos viam! Alguém se tinha aproximado do colchão, e arrancando a etiqueta que dizia: "Constitui violação da lei remover esta etiqueta, excepto se for o consumidor a fazê-lo."
(...)
- Nunca vi uma coisa assim - afirmou o Chefe Homer Pugh - Coisas destas simplesmente não acontecem em Wilton's Creek. É claro que, houve aquela vez em que um tipo entrou numa padaria e chupou a geleia dos doughnuts, mas à terceira vez pusemos atiradores especiais no telhado, e abatemo-lo com a boca na botija.
- Porquê? Porquê? - soluçava Bonnie Beale, uma vizinha dos Washburn. - Tão sem sentido, tão cruel. Que mundo é este em que vivemos, em que alguém, que não o consumidor, arranca as etiquetas dos colchões?
- Antes de isto suceder - disse Maude Figgins, a professora primária da terra -, quando eu saía, sabia que podia deixar os colchões em casa. Agora, nem que seja para ir às compras ou para jantar fora, levo os colchões comigo.
(...)

13 dezembro, 2007

Inverno #1

Bate levemente, mas acumula depressa...

é como andar sobre areia fria :-)

Continuará a cair nas próximas horas!

Retirado do contexto # 29

Jornalista: A senhora sabe o que se está a passar aqui hoje?
Ela: Não sei, nem quero saber.
Ele: Ah mas olhe que é uma coisa muito importante não veio ver a chegada dos politicos?
Ela: Eu? Politicos? Tomara eu dar conta da minha doença, quero um taxi e nada.... não há eléctricos...
Ele: Ah mas minha senhora hoje é assinado o Tratado de Lisboa.
Ela: Ahhhh eu quando comprei um apartamentozinho também assinei uma papeleta.

Espantos # 73

Museus abertos e transportes públicos gratuitos, os efeitos práticos em Lisboa no dia da assinatura do tratado com o seu nome (do desespero da limitação da liberdade ambulatória é melhor nem falar).
E os outros? Bem, os outros aguardemos...

12 dezembro, 2007

Espantos #72

Não é que não faça sentido e me espante pelo absurdo... espanta-me apenas por nunca ter pensado em tal mercado. Há uns dias atrás o New York Times trouxe um slideshow sobre o mercado de árvores de natal, com imagens de grandes plantações no estado do Oregon, de onde são ceifadas e preparadas (enroladas, compactadas, etc.) para venda em todo o mundo. Mas não há bela sem senão... o artigo Seasonal Debate Rages Over Loveliest Branches, que acompanha o slideshow fala da ploriferação das árvores de natal artificiais (maioritariamente produzidas na China) que já tomam conta de metade dos lares Americanos. Isto tem os produtores de árvores de Natal em polvorosa e a dizer “buy natural, buy American”.

Ficava tão bem lá em casa # 33

Loss, Bridget Riley

11 dezembro, 2007

Light

Chop Suey, Edward Hopper

When thou shalt be disposed to set me light,
And place my merit in the eye of scorn,
Upon thy side against myself I'll fight,
And prove thee virtuous, though thou art forsworn.
With mine own weakness being best acquainted,
Upon thy part I can set down a story
Of faults conceal'd, wherein I am attainted,
That thou in losing me shalt win much glory:
And I by this will be a gainer too;
For bending all my loving thoughts on thee,
The injuries that to myself I do,
Doing thee vantage, double-vantage me.
Such is my love, to thee I so belong,
That for thy right myself will bear all wrong.

William Shakespeare, Sonnet LXXXVIII

Retirado do contexto #28

Hoje é (quase) dia de festa...

quando a data começa a aparecer na validade do leite o evento está perto :-)