29 abril, 2008

Excuse...

Kuba Cloth, with color

O, call not me to justify the wrong
That thy unkindness lays upon my heart;
Wound me not with thine eye but with thy tongue;
Use power with power and slay me not by art.
Tell me thou lovest elsewhere, but in my sight,
Dear heart, forbear to glance thine eye aside:
What need'st thou wound with cunning when thy might
Is more than my o'er-press'd defense can bide?
Let me excuse thee: ah! my love well knows
Her pretty looks have been mine enemies,
And therefore from my face she turns my foes,
That they elsewhere might dart their injuries:
Yet do not so; but since I am near slain,
Kill me outright with looks and rid my pain.

William Shakespeare, Sonnet CXXXIX

28 abril, 2008

Ditto #69

When everyone is against you, it means that you are absolutely wrong -- or absolutely right.

-- Albert Guinon

Num país a fingir #17

As esquadras de polícia são invadidas por bandidos.

26 abril, 2008

Coisas que não mudam #36

Lajes do Pico, Poente - 26 de Abril 2008, 9.08pm

A montanha a despedir-se do sol... ou vice versa.

Parece que estou a ouvir #54

Menina dos olhos de Água
letra e música Pedro Barroso

Menina em teu peito sinto o Tejo
e vontades marinheiras de aproar
menina em teus lábios sinto fontes
de água doce que corre sem parar

menina em teus olhos vejo espelho
se em teus cabelos nuvens de encantar
e em teu corpo inteiro sinto o feno
rijo e tenro que nem sei explicar

se houver alguém que não goste
não gaste - deixe ficar
que eu só por mim quero-te tanto
que não vai haver menina p'ra sobrar

aprendi nos "Esteiros" com Soeiro
aprendi na "Fanga" com Redol
tenho no rio grande o mundo inteiro
e sinto o mundo inteiro no teu colo

aprendi a amar a madrugada
que desponta em mim quando sorris
és um rio cheio de água levada
e dás rumo à fragata que escolhi

se houver alguém que não goste
não gaste - deixe ficar...
que eu só por mim quero-te tanto
que não vai haver menina p'ra sobrar

Politeness #5


you're welcome = my pleasure

Ditto #68

Democracy extends the sphere of individual freedom, socialism restricts it. Democracy attaches all possible value to each man; socialism makes each man a mere agent, a mere number. Democracy and socialism have nothing in common but one word: equality. But notice the difference: while democracy seeks equality in liberty, socialism seeks equality in restraint and servitude.

-- Alexis de Tocqueville

25 abril, 2008

Espantos #108

O Presidente da República que hoje, mais uma vez, presidiu às comemorações oficiais deste dia, manifestou-se impressionado com a ignorância dos jovens portugueses acerca do 25 de Abril e do seu significado (eu diria mais que isso), manifestada num estudo que encomendou à Universidade Católica.

Eis as perguntas a que os inquiridos foram sujeitos e que surpreenderam o Presidente:

1- Quem foi o primeiro Presidente da República democraticamente eleito?
2- O Partido Socialista detém, ou não, actualmente uma maioria absoluta no parlamento?
3- Quantos países compóem actualmente a União Europeia?

A verdade é que metade dos jovens inquiridos, entre os 15 e os 19 anos, não foi capaz de responder a uma única pergunta.

Espantoso? Não estou, como o Presidente da República, surpreendida. Todos os anos vemos esta ignorância espelhada em horário nobre neste dia. Estou, isso sim, corada de vergonha.

Coisas que não mudam #35

awwww

Retirado do contexto #53


24 abril, 2008

Memórias #19

Lembro-me nos anos 80 de, em plena capital do país, haver racionamento de leite. Era uma situação estranha aquela. A partir de determinada altura não se podia simplesmente ir ao supermercado e comprar o número de pacotes de leite que nos apetecesse.

Não, ainda não havia mercado europeu, estavamos sós no espaço comercial, não havia a variedade de marcas que hoje conhecemos e o leite era religiosamente contado antes de ser vendido.

Lembro-me de ir à leitaria, em fila indiana, com os meus pais e irmã e cada um de nós tinha direito a comprar um pacote de leite (1 litro), embora a conta fosse só uma... mas era assim... e não poucas vezes me lembro de ouvir do outro lado do balcão (não para mim, mas para outras pessoas) "olhe lá, o sr. não esteve já aqui esta manhã?"

Pois é, vem isto a propósito de hoje, quase 30 anos depois, ter ouvido que devido à escassez e elevado aumento do preço dos cereais os Estados Unidos da América estão já a racionar o arroz.

Já não estamos sós no espaço comercial, mas estamos (continuamos a estar) dependentes.

23 abril, 2008

Retirado do contexto #52

Hoje também "foi porreiro pá"

Dia das crianças...

... na Turquia ;-)

Pedaços de Montréal

Montréal tem:

neóns em francês,

sinalização em francês,

centros comerciais subterrâneos, aos montes!

uma chinatown com um arco chinês pois então!

uma catedral de Notre Dame

neve, muita neve

ruas empedradas de granito como as de uma cidade fria em Portugal

muito comércio!

22 abril, 2008

Aceitam-se apostas...

Ou muito me engano ou depois do "até breve" desta noite, podem fazer as vossas apostas.

Espantos #107

Em Montréal estava mais calor que em Boston (!) mas ainda havia neve (já negra) muito organizadinha em montes arrumadinhos no final dos parques de estacionamento, ou nos relvados da universidade, convenientemente fora dos passeios. No Québec neva bem mais que aqui por Nova Inglaterra, por isso, apesar das mangas curtas e dos afoitos banhos de sol, as árvores estavam ainda muito àquem de vir a ter flores. De regresso a casa, Boston recebe-me assim:
em dia de maratona.

21 abril, 2008

Caprichos #44

Hot chocolate and a maple glazed doughnut @ Tim Horton's*, the ultimate breakfast experience in the country of the maple leaves.
____________

*the Canadian sort of Dunkin' Donuts. Some call it Timmy's... cute!!

Pormenores #24


à Monréal, rue Sherbrooke Ouest

20 abril, 2008

Espantos #106

Lake Louise, Alberta, Canada (winter)

Still on the Calgary people but this time about the weather...

Albertan 1 it's nice to come to Montréal and get a flavor of summer... it almost seems we're in Hawaii.
Québécoise yes, it's true... 25 celsius in April is quite uncommon even in Quebec standards. It was snowing on Monday you know...
Albertan 1 yeah, here it snows quite a lot... we don't get as much. We have a couple of snow storms in the summer just to annoy us.
me in the summer?? what do you mean in the summer? July?
Albertan 2 yeah, but not a lot. It's just because we have those huge temperature swings... once I went to teach in early fall, it was 25 celsius and I went in shorts and t-shirt. I taught for 2 hours and when I came i was snowing, temperature had dropped to -10... I didn't know what to do.
Albertan 1 once I was mountain hiking in the summer, so I was wearing shorts and t-shirt. I looked back I saw this huge curtain of water coming in our direction... when the cold front comes, it sounds like a train! When you hear that sound, you have to open your backpack, take out your winter gear, and get out of there as soon as you can: the temperature is gonna fall fast and probability of snow is high!
me enlightening!!

Espantos #105

Lake Louise, Alberta, Canada (summer)

The Canadian notion of distance is very different, even from the American one. At dinner I sat at a table with people from Calgary, Canada. Here are some interesting remarks:

me is Calgary in Ontario [state]?
them no, Alberta [another state].
me oh, so it's closer to the West Coast...
them yes, much closer. Alberta is right next to British Columbia [another state]... it's a two day drive just to get to Ontario.
me I see... so how long is it from Calgary to Vancouver [in BC]?
them by car or flying?
me by car.
them 12 hours.
me wow!
them the flight takes about an hour only.
me really?!
them yeah, but it's one of the best drives ever!
me can you see the mountains in the distance?
them no, you're driving through them! Have you heard of Lake Louise?
me yes!
them we're just an hour drive away from there.
me I have seen some pictures, it must be beautiful... the turquoise color of the water seems unreal.
them and it looks exactly like that!

19 abril, 2008

No Times de hoje #61

O Times de hoje traz uma interessante secção de dez pequenos artigos sobre o que fazer depois da meia noite em dez cidades Europeias: Atenas, Barcelona, Berlim, Copenhaga, Lisboa, Londres, Moscovo, Paris, Praga e Veneza.
__________

Ainda na secção de viagens, mais um artigo (com video) sobre recantos Europeus em Nova Iorque. Com o dólar a valer cada vez menos, a sugestão é explorar vários locais da cidade que fazem lembrar Roma, Londres, Paris, ou Amsterdão. Tudo ao preço de uma viagem de metro.

Espantos #104

A recém empossada ministra da defesa de Zapatero, Carme ChacónPiqueras, em Espanha, passa revista às tropas, grávida de sete meses.

18 abril, 2008

Caprichos #43

Aqui come-se muito bem!

Roasted peppers with feta on a Portuguese roll + lentil soup


Double chocolate hot chocolate with whipped cream + chocolate crêpe with fruit + a loooot of maple syrup ;-)

17 abril, 2008

Espantos #103

Nem na França isto acontece, mas Montréal fica no orgulhosamente bilingue Québec...

16 abril, 2008

Too young...

The Kiss, Edvard Munch, 1897

Love is too young to know what conscience is;
Yet who knows not conscience is born of love?
Then, gentle cheater, urge not my amiss,
Lest guilty of my faults thy sweet self prove:
For, thou betraying me, I do betray
My nobler part to my gross body's treason;
My soul doth tell my body that he may
Triumph in love; flesh stays no father reason;
But, rising at thy name, doth point out thee
As his triumphant prize. Proud of this pride,
He is contented thy poor drudge to be,
To stand in thy affairs, fall by thy side.
No want of conscience hold it that I call
Her 'love' for whose dear love I rise and fall.

William Shakespeare, Sonnet #CLI

15 abril, 2008

Parece que estou a ouvir #53

Absolutely Cuckoo
The Magnetic Fields

[don't fall in love with me yet
we only recently met
true i'm in love with you but
you might decide i'm a nut
give me a week or two to
go absolutely cuckoo
and when you see your error
then you can flee in terror
like everybody else does
i only tell you this 'cause
i'm easy to get rid of
but not if you fall in love
know now that i'm on the make
and if you make a mistake
my heart wil certainly break
i'll have to jump in a lake
and all my friends will blame you
there's no telling what they'll do
it's only fair to tell you
i'm absolutely cuckoo] x2

14 abril, 2008

Memórias #18

É mesmo como eu queria: pequenino, que caiba no meu roupeiro e com um pau em cima... só lhe falta o homem lá dentro, mas isso já era pedir demais :) Obrigada mãe!

13 abril, 2008

Primavera #4

Numa sala perto de mim #56

21... vale sempre a pena ver Kevin Spacey em Boston, nas salas de aula conhecidas :-)

12 abril, 2008

Numa sala perto de mim #55

Persona (Máscara), de Ingmar Bergman

Alma: I understand all right. The hopeless dream of being...not seeming, but being.

11 abril, 2008

Retirado do contexto #51

que negra sina ver-me assim, que sorte vil degradante

10 abril, 2008

Parece que estou a ouvir #52

Woman's Hands Holding Cigarette, Art Print


Ma chambre a la forme d'une cage
Le soleil passe son bras par la fenêtre
Les chasseurs à ma porte
Comme les p'tits soldats
Qui veulent me prendre

Je ne veux pas travailler
Je ne veux pas déjeuner
Je veux seulement l'oublier
Et puis je fume

Déjà j'ai connu le parfum de l'amour
Un million de roses n'embaumerait pas autant
Maintenant une seule fleur dans mes entourages
Me rend malade

Je ne veux pas travailler
Je ne veux pas déjeuner
Je veux seulement l'oublier
Et puis je fume

Je ne suis pas fière de ça
Vie qui veut me tuer
C'est magnifique être sympathique
Mais je ne le connais jamais

Je ne veux pas travailler
Non
Je ne veux pas déjeuner
Je veux seulement l'oublier
Et puis je fume

Je ne suis pas fière de ça
Vie qui veut me tuer
C'est magnifique être sympathique
Mais je ne le connais jamais

Je ne veux pas travailler
Non
Je ne veux pas déjeuner
Je veux seulement l'oublier
Et puis je fume

Primavera #3

Pormenores #23

À porta do supremo tribunal em Nova Iorque, havia na segunda feira de manhã uma manifestação de advogados em greve...

com humor :)

09 abril, 2008

Foi neste dia #94 (1867)

Faz hoje 141 anos que os Americanos compraram o Alaska aos Russos, um total de 1,518,800 km², por $7,200,000 ou 4.7¢ por hectare. Ainda hoje os Russos se arrependem de terem vendido tanta terra (com tantos recursos) por tão pouco dinheiro.

08 abril, 2008

Ditto #67

To see what is in front of one's nose requires a constant struggle.

-- George Orwell